Segunda, 21 de Junho de 2021 06:12
Esportes Mato Grosso do Sul

Brasileiro de Futevôlei coroa crescimento da modalidade no estado; MS vai ao pódio no feminino

Nem a chuva, muito menos as baixas temperaturas registradas na capital sul-mato-grossense no último fim de semana, de 21 a 23 de maio, atrapalharam...

24/05/2021 20h06
Por: Redação Fonte: Secom Mato Grosso do Sul
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Nem a chuva, muito menos as baixas temperaturas registradas na capital sul-mato-grossense no último fim de semana, de 21 a 23 de maio, atrapalharam as disputas da primeira etapa do Campeonato Brasileiro de Futevôlei, realizadas nas areias da Associação Atlética Banco do Brasil (AABB). A competição nacional em Campo Grande, apoiada pelo Governo do Estado, via Fundação de Desporto e Lazer (Fundesporte), reuniu atletas de 14 unidades federativas, foi inédita em Mato Grosso do Sul e coroou o crescimento expressivo da modalidade no Estado.

O evento cumpriu à risca medidas de biossegurança impostas por conta da pandemia do novo coronavírus (Covid-19). Os campeões e vice-campeões representarão o Brasil no Mundialito, que será organizado em Brumadinho (MG), provavelmente no mês de junho, a depender do cenário pandêmico. Quatro vagas ao Campeonato Mundial na França, com data a ser definida, também foram garantidas.

O futevôlei, esporte originalmente tupiniquim, criado no Rio de Janeiro (RJ) na década de 1960, tem tudo a ver com praia e sol escaldante. Nem por isso a etapa brasileira na Cidade Morena deixou de ser um sucesso. É o que avalia Thiago Silva, sócio-proprietário do Gilson Treinamento de Futevôlei (GTF), clube organizador do evento.

“O Brasileiro estava parado, já era para ter acontecido em novembro de 2020, mas por causa da pandemia não conseguimos trazer o evento para cá. Agora, conseguimos e foi um sucesso. Um campeonato brasileiro, em Campo Grande, em Mato Grosso do Sul pela primeira vez, é motivo de muito orgulho”, destaca Silva.

Para o diretor-presidente da Fundesporte, Marcelo Ferreira Miranda, o futevôlei tem se tornado uma febre em Mato Grosso do Sul. “Percebemos que é um esporte que vem crescendo a cada dia em todo o Estado, com um número muito grande de praticantes. O sul-mato-grossense tem se apaixonado pelo futevôlei e trazer uma etapa do Brasileiro para cá é uma forma de colocarmos de vez Mato Grosso do Sul no cenário nacional da modalidade”.

Mato Grosso do Sul no pódio

Na primeira participação em um torneio em nível nacional, a dupla sul-mato-grossense formada por Talita Freitas e Maria Eduarda Vasques (Duda) faturou a medalha de bronze na categoria profissional feminino. A disputa pelo terceiro lugar foi caseira, na qual enfrentaram Ágatha e Amandinha, também de Mato Grosso do Sul, as atuais campeãs estaduais.

Talita confessa que alcançar o pódio foi inesperado, porém gratificante e motivador. A conquista do bronze foi uma revanche em cima das conterrâneas. “Tínhamos participado apenas do campeonato estadual em março, ficamos em segundo lugar [Ágatha e Amanda foram campeãs]. O nosso primeiro torneio juntas foi em fevereiro. É bem o início da nossa dupla no alto rendimento e já trazemos esse resultado para o nosso Estado”. A atleta ainda projeta: “estamos dentro das próximas etapas do Brasileiro e Mundialito, em Brumadinho (MG), quem sabe”.

Duda conta que iniciou no futevôlei há cerca de nove meses e, junto à sua parceira, é participante assídua de diversos torneios em Campo Grande. “A gente nem esperava [ficar em terceiro no Brasileiro]. Entramos pensando em dar nosso melhor, acreditamos que era possível e deu tudo certo. Agora, é daqui para cima, esperamos evoluir cada vez mais e podemos dizer que Mato Grosso do Sul está bem representado”.

A final feminina foi capixaba. As tetracampeãs brasileiras e campeãs mundiais Lane e Ray (ES), que lideram o ranking nacional atualmente, mantiveram o favoritismo e conquistaram o ouro. A medalha prateada ficou com a dupla Brenda e Delane (ES). No masculino, o pódio foi nordestino. Nem e Biel, que despontam no futevôlei brasileiro há um tempo, terminaram em primeiro, seguidos por Guilherme e Murilo (RN) e Cinho e Paulinho (AL).

O evento na AABB/Campo Grande teve a presença de público, com ocupação de 50% do espaço, em conformidade ao decreto municipal, e mediante a adoção rígida de protocolos de biossegurança.

A etapa de Campo Grande do Campeonato Brasileiro foi realizada pela Confederação Brasileira de Futevôlei (CBFv) em parceria com a Federação Sul-Mato-Grossense de Futevôlei (FSMFV) e Gilson Treinamento de Futevôlei (GTF). O Governo do Estado de Mato Grosso do Sul, por meio da Fundesporte, apoiou o evento.

Confira abaixo todos os resultados:

Qualify amador A masculino

1º - Babão e Borel (MT)

2º - Aleff e Moret (MT)

3º - Willian e Baren (MS)

Amador B masculino

1º - Eneas e Sandrinho (MT)

2º - Luizinho e Mona (MS)

3º - Beto e Alef (MT)

Profissional masculino

1º - Nem e Biel (CE)

2º - Guilherme e Murilo (RN)

3º - Cinho e Paulinho (AL)

4º - Jonathan e Maldine (AL)

Profissional feminino

1º - Lane e Ray (ES)

2º - Brenda e Delane (ES)

3º - Duda e Talita (MS)

4º - Ágatha e Amandinha (MS)

 

Lucas Castro, Fundesporte

Foto de destaque: Divulgação/Fundesporte

Fotos internas: Divulgação/GTF

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.