Sábado, 08 de Maio de 2021 06:09
Geral Deputado Neno Razuk

Vacinação de grupos indígenas é motivo de comemoração”, afirma deputado Neno Razuk

A imunização começou no último domingo (11) e aplicou a primeira dose em 644 integrantes da Aldeia.

13/04/2021 13h07 Atualizada há 4 semanas
Por: Redação Fonte: Assessoria de Comunicação
Vacinação de grupos indígenas é motivo de comemoração”, afirma deputado Neno Razuk

A conclusão da imunização contra a covid-19 em Campo Grande foi lembrada pelo deputado estadual Neno Razuk (PTB) que elogiou as ações da Sesau (Secretaria Municipal de Saúde) pela vacinação dos indígenas da Aldeia Urbana Marçal de Souza, em Campo Grande. A imunização começou no último domingo (11) e aplicou a primeira dose em 644 integrantes da Aldeia.

"O trabalho da Sesau junto aos índios que vivem em área urbana na Capital foi exemplar, e hoje podemos comemorar Campo Grande sendo uma vitrine em logística e vacinação dos grupos prioritários. Com isso, dia a dia vamos vencendo essa doença que tem causado tantas mortes em nosso país", afirmou o deputado, lembrando ainda que "a SES (Secretaria de Estado de Saúde) está sendo extremamente cautelosa na distribuição das doses e o lema que lugar de vacina é no braço, está fazendo efeito."

Atualmente, Mato Grosso do Sul está em segundo lugar no ranking nacional de vacinação, com 14,15% da população imunizada e ficando atrás apenas do Rio Grande do Sul com 15,06%. "Estamos entre os estados que mais imunizaram a população, um feito que mostra a parceria entre Governo do Estado e prefeituras, mostrando que esse é o caminho. Acredito que em breve os resultados serão mostrados nos boletins epidemiológicos e tenho certeza que chegando a vacina do Governo Federal, nosso Estado está preparado para as campanhas", finalizou.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.