Segunda, 23 de Maio de 2022 01:19
Ação Social Mato Grosso do Sul

Prefeitura de Bataguassu entrega contratos de doação dos terrenos do Lote Urbanizado para famílias contempladas

O prefeito de Bataguassu, Akira Otsubo (MDB) entregou ontem, dia 12 de maio, os contratos de doação em definitivo dos terrenos do Projeto Lote Urba...

13/05/2022 15h46
Por: Redação Fonte: Prefeitura de Bataguassu - MS
Foto Assecom Prefeitura de Bataguassu
Foto Assecom Prefeitura de Bataguassu

O prefeito de Bataguassu, Akira Otsubo (MDB) entregou ontem, dia 12 de maio, os contratos de doação em definitivo dos terrenos do Projeto Lote Urbanizado executado em 2018, parceria entre município e Governo do Estado. O ato de entrega foi realizado no gabinete municipal, às 14h30 (horário de Brasília) e contou com a presença das famílias contempladas e autoridades municipais.

Segundo o Núcleo Municipal de Habitação, foram entregues 16 contratos de doação, sendo 9 referente ao Conjunto Habitacional Jardim Santo Antônio, no bairro Jardim Santo Antônio, em Bataguassu e 7 contratos do Distrito de Nova Porto XV. Outros 30 habite-se também foram disponibilizados na ocasião.

Foto Assecom Prefeitura de Bataguassu
Foto Assecom Prefeitura de Bataguassu

No ato de entrega, o prefeito de Bataguassu, Akira Otsubo (MDB) parabenizou as famílias pela conquista do documento e destacou que a administração municipal está empenhada em promover a construção de casas populares para a população. “Estou muito contente com a entrega desses documentos, que dão maior tranquilidade com relação a posse das moradias. Quem não tem documento, não é dono. Parabenizo a todos pela conquista”, comentou o prefeito.

Foto Assecom Prefeitura de Bataguassu
Foto Assecom Prefeitura de Bataguassu

A chefe do Núcleo Municipal de Habitação, Maria Olímpio da Silva (Sônia) lembrou que com os contratos de doação, as famílias poderão agora registrar a escritura das moradias em cartório. “Vocês agora estão aptas para receber a escritura de suas casas. As moradias são efetivamente de vocês”, disse a coordenadora, que informou ainda que as demais famílias contempladas pelas casas do Lote Urbanizado estão em fase de regularização documental para também receberem os seus referidos documentos.

O vereador Nivaldo Reis (PSB), que representou a Câmara de Vereadores no evento parabenizou a gestão municipal pela entrega dos contratos de doação e salientou que os vereadores estão prontos para apoiar o município, principalmente no que se refere ao projeto habitacional da atual gestão.

Foto Assecom Prefeitura de Bataguassu
Foto Assecom Prefeitura de Bataguassu

“Sabemos das políticas públicas propostas pela atual gestão para atender as pessoas mais carentes e a Câmara de Vereadores é parceira do município no que for preciso. No que se refere ao projeto habitacional, no que depender dos vereadores, estamos prontos para atender e apoiar o município”.

Estiveram presentes no ato de entrega dos documentos, a secretária municipal de Assistência Social, Suely Otsubo; a chefe de gabinete, Maria Aparecida Maia; o subprefeito do Distrito de Nova Porto XV, Euzébio Varaldo (Binha); a coordenadora municipal do Cras II, Izabella Hay Mussi e demais membros do Núcleo Municipal de Habitação.

Foto Assecom Prefeitura de Bataguassu
Foto Assecom Prefeitura de Bataguassu

LOTE URBANIZADO

O Projeto Lote Urbanizado visa atender famílias com renda de até R$ 4.685,00 e que não tenham sido beneficiados em nenhum Programa Habitacional Federal, Estadual e Municipal.

O município participa com a doação do terreno e a assistência técnica. Já o Governo do Estado constrói a base das casas até a primeira fiada de tijolos e o cidadão dá continuidade na construção de sua moradia.

Para participar primeiramente o pretendente tem que realizar o cadastramento no sistema de inscrição da Agehab-MS, e após passar pelo processo de seleção, os mesmos serão chamados e deverão comprovar em documentos que possuem condições financeiras para adquirirem os tijolos e os cimentos até o respaldo.

O prazo para a conclusão da moradia é de 24 meses, ou seja dois anos, e, somente com a conclusão da construção da moradia, que a mesma poderá ser habitada.

Em Bataguassu, foram 50 famílias contempladas no Conjunto Habitacional Jardim Santo Antônio; e outras 25 famílias contempladas no Distrito de Nova Porto XV em 2018.

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.