Segunda, 17 de Janeiro de 2022 06:34
Geral Mato Grosso do Sul

Boletim Covid confirma 34 novos casos e 2 óbitos em MS

Mato Grosso do Sul tem 34 novos casos de Covid e 2 óbitos por complicações da doença, segundo o boletim epidemiológico apresentado pela Secretaria ...

08/12/2021 11h30
Por: Redação Fonte: Secom Mato Grosso do Sul
Foto: Reprodução
Foto: Reprodução

Mato Grosso do Sul tem 34 novos casos de Covid e 2 óbitos por complicações da doença, segundo o boletim epidemiológico apresentado pela Secretaria de Estado de Saúde nesta quarta-feira (08). 

Dourados (9), Campo Grande (6) e Corumbá (4) são os municípios com mais casos confirmados. A média móvel da última semana está em 74. A taxa de contágio se manteve estável com 0,88.  

De 1.020 casos ativos no Estado, 48 são pacientes hospitalizados em leitos clínicos (22) e leitos de UTI (26). A fila de espera por um leito SRAG/COVID conta com 6 pacientes, sendo 4 na Central de Regulação de Campo Grande e 2 na Central de Dourados. 

A taxa global de ocupação de leitos SUS/UTI por macrorregião é de 32% em Dourados, 53% em Campo Grande, 34% em Três Lagoas e 29% em Corumbá. Apenas a Capital e Dourados contam com pacientes confirmados e suspeitos de Covid. 

Mais dois óbitos foram registrados no Estado, sendo um em Aquidauana e outro em Paranaíba. Ambos ocorreram nos meses de abril e maio, porém segundo a SES, foram encerrados pelos municípios somente agora. Com a atualização, a média móvel de óbitos se eleva para 1,7. 

Da população total de Mato Grosso do Sul 81,41% já recebeu a primeira dose ou a dose única, enquanto 71,56% já tomou as duas doses. 

Os dados do boletim desta quarta-feira foram apresentados pela gerente técnica de influenza e doenças respiratórias, Lívia Maziero e pela diretora de vigilância em saúde, Larissa Castilho, que falou sobre a remessa de vacinas da Janssen.  

“Chegaram as vacinas da Janssen, 200.200 doses que serão encaminhadas hoje mesmo aos municípios. Vamos realizar o dia D no dia 11 com as fronteiras, incluindo os 79 municípios e vamos fazer uma campanha de vacinação em massa que já foi feita com a dose dois de reforço. A previsão é que seja do dia 11 ao dia 24”. 

O boletim detalhado pode ser conferidoaqui

Mireli Obando, Subcom

Foto: Saul Schramm

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.