Segunda, 17 de Janeiro de 2022 06:39
Cultura Mato Grosso do Sul

Artesanato sul-mato-grossense faz parte de feira nacional em Belo Horizonte

Com o apoio da Fundação de Cultura de MS (FCMS) e do Programa do Artesanato Brasileiro do Governo Federal (PAB), artesãos do Estado expõem e comerc...

08/12/2021 05h10
Por: Redação Fonte: Secom Mato Grosso do Sul
Divulgação
Divulgação

Com o apoio da Fundação de Cultura de MS (FCMS) e do Programa do Artesanato Brasileiro do Governo Federal (PAB), artesãos do Estado expõem e comercializam seus trabalhos na 32ª Feira Nacional do Artesanato, em Belo Horizonte, até o próximo domingo (12), no Pavilhão ExpoMinas.

Foram selecionados para expor os artesãos Assunção Alves, Carla Nivia dos Santos Ortiz Spadoni e Francisca Anaide Rondon Valiño, e as seguintes entidades representativas do artesanato: União Estadual dos Artesãos de Mato Grosso do Sul (Uneart/MS), Associação dos Produtores de Artesanato e Arte Popular de MS (Proart) e Casa do Artesão de Campo Grande, ligada à Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul.

A Feira Nacional de Artesanato é o maior evento do gênero em toda a América Latina, e comemora, em 2021, 32 anos de realização em Belo Horizonte. Além de beneficiar diretamente milhares de pessoas, a feira leva, aos 140 mil visitantes, as nuances e traços do trabalho feito à mão. Em um só local, é possível conhecer a diversidade que permeia o artesanato brasileiro.

O objetivo do evento é valorizar e difundir os saberes tradicionais, estimular o potencial de crescimento dos artesãos e artesãs, funcionando como importante elemento estruturador da Cadeia Produtiva do artesanato local.

E a Feira Nacional de Artesanato vem justamente nesta tentativa, durante seis dias, levar um pouco de conhecimento aos mais de 140.000 visitantes do que existe de melhor e mais interessante em nosso país. Serão sabores, produtos e informações sobre a potencialidade de nosso território.

Nos seus 32 anos de existência, a Feira Nacional sempre fez questão de ser uma grande escola e um local onde os visitantes possam conhecer a diversidade cultural e gastronômica e nosso país. O investimento da FCMS totaliza R$ 13.000,00 (treze mil reais), ao tempo que a comercialização do estande de MS na última edição foi de R$ 163.000,00 (cento e sessenta e três mil reais).

A Feira Nacional de Artesanato faz parte do Calendário Brasileiro de Exposições e Feiras, do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Também está classificada como evento cultural, através da Lei de Incentivo à Cultura, do Ministério da Cidadania. Confira o sitehttp://www.feiranacionaldeartesanato.com.br/e obtenha mais informações sobre o evento. 

 

Karina Lima, FCMS

Fotos: Divulgação

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.