Terça, 26 de Outubro de 2021 01:59
Cultura Mato Grosso do Sul

Oficinas do Artesania Online começam hoje em comemoração aos 44 anos do Estado

As comemorações do aniversário de 44 anos do Estado de Mato Grosso do Sul já começaram nesta segunda-feira (04) com as oficinas online do Edital Ar...

04/10/2021 16h15
Por: Redação Fonte: Secom Mato Grosso do Sul
Ricardo Gomes
Ricardo Gomes

As comemorações do aniversário de 44 anos do Estado de Mato Grosso do Sul já começaram nesta segunda-feira (04) com as oficinas online do Edital Artesania. Das 9 às 11 horas aconteceu a oficina “Arte em Argila", com Marilde Cecilia Ferreira, do município de Rio Verde. No período da tarde, das 15 às 17 horas, foi a vez de Matias da Silva, de Corumbá, ministrar a oficina de “Rede de corda e couro natural.

“O Artesania Online é um projeto que já existia de forma presencial desde 2007, que atende o interior do Estado com oficinas de técnicas de artesanato, design e gestão de preços. Durante a pandemia, nós fomos obrigados a suspender o projeto e agora, em 2020, nós conseguimos transformá-lo na forma online, que é uma alternativa para continuar a geração de renda dos artesãos e também para disseminar o modo de fazer do artesão sul-mato-grossense. Como não tínhamos ideia de como ia ser a pandemia em 2021, nós idealizamos o projeto de forma online, mas para 2022 já estamos idealizando na forma presencial, para atender o interior do Estado”, explica Katienka Klain, gerente de Desenvolvimento de Atividades Artesanais da Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul.

A artesã Marilde Cecilia Ferreira, de Rio Verde, foi a primeira colocada no edital Artesania Online. Ela iniciou as oficinas do edital na manhã desta segunda-feira (04.10) com “Arte em Argila”. Marilde ensinou os inscritos a fazer a travessa porco do pantanal e a travessa peixe do pantanal. A oficina foi dividida em tópicos, como: preparação da argila; modelagem da argila; confecção das peças propostas e finalização das peças.

Marilde trabalha com argila desde 2002. Ela tentou, primeiro, corte e costura, mas não gostou muito, mas quando começou a mexer com barro, se apaixonou. “No artesanato, você tem que gostar do que faz, se não o trabalho não fica bom”.

Em Rio Verde, ela criou a Associação Riberarte, em 2003, da qual se desligou em 2012 para montar sua própria empresa, “Arte em Argila”. A artesã diz que viver do artesanato não é muito fácil. “A pessoa tem que insistir e não desistir. Eu levei tantas rítias quando eu comecei a fazer, mas eu levei para o lado construtivo”.

Tanta dedicação rendeu a ela vários prêmios, entre eles o Prêmio do Artesanato de Referência Cultural Sul-Mato-Grossense, o Prêmio Top 100, das cem melhores peças artesanais do Brasil, e o próprio Artesania Online, no qual tirou o primeiro lugar. “Eu tenho uma boa clientela. Faço peças utilitárias para usar com comida, por isso têm que ter o acabamento perfeito”.

Para Marilde, participar da primeira oficina do Artesania Online, na manhã desta segunda-feira, 04 de outubro, foi gratificante. “Há muito tempo eu quero passar esta técnica para outras pessoas, se não vai morrer comigo. Eu sofri muito para chegar onde eu cheguei”, finaliza.

Para quem quer conhecer um pouco mais sobre o trabalho da Marilde, basta entrar em contato pelo telefone: (67) 99681-7338.

As oficinas do Artesania online continuam nesta terça-feira, 5 de outubro: no período da manhã o tema será “Tecelagem”, com Josefa Mazarão, de Caarapó, e à tarde, “Modelagem da onça pantaneira com filhote na boca”, ministrada por Rodrigo Avalhães Marçal, de Campo Grande.

Na quarta-feira, dia 6, será a vez de aprender a fazer “Mosaico” com Alice Sales Trouy, de Campo Grande, pela manhã; à tarde o tema será “Nossa Senhora Regional”, com a artesã Betty Marques, de Campo Grande.

O último dia do Artesania será a quinta-feira, 7 de outubro, que traz ao público a oficina “Charme Pantaneiro”, no período da manhã, com a artesã Isabel Muxfeldt; à tarde, Leslie Bassi Gaffuri, de Campo Grande, vai ministrar “Arte em Argila”.

As oficinas estão sendo transmitidas diretamente do auditório da TVE para o Youtube da Fundação de Cultura e do Sebrae, e também para o Facebook da Fundação de Cultura. Os trabalhos são abertos ao público e a participação é gratuita.

Mais informações sobre as oficinas do Artesania Online podem ser obtidas na Gerência de Desenvolvimento de Atividades Artesanais, pelo telefone: (067) 3316-9107.

Karina Lima, FCMS

Fotos: Ricardo Gomes

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.