Quinta, 28 de Outubro de 2021 05:06
Cultura Mato Grosso do Sul

Fórum de Gestores Municipais de Cultura fortalece a interação entre Estado e municípios

Proposta da criação do Fórum de Gestores e Dirigentes Públicos Municipais de Cultura de Mato Grosso do Sul foi apresentada nesta segunda-feira, 20 ...

21/09/2021 11h20
Por: Redação Fonte: Secom Mato Grosso do Sul
Daniel Reino
Daniel Reino

Proposta da criação do Fórum de Gestores e Dirigentes Públicos Municipais de Cultura de Mato Grosso do Sul foi apresentada nesta segunda-feira, 20 de setembro, no auditório da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS).  

Os principais objetivos do Fórum são a retomada do Prosimc, que é o projeto de apoio à estruturação dos Sistemas Municipais de Cultura, e a integração das políticas públicas estaduais com os municípios, ou seja, abrir um canal de comunicação do Estado com os municípios.

Abrindo a reunião, a diretora geral da Fundação de Cultura, Mariana Rondon, explicou aos presentes que uma das competências da Fundação de Cultura de MS é prestar auxílio aos municípios.

“Neste momento de retomada, a sociedade pede um olhar com mais carinho para a cultura, pois a retomada não é só dos eventos culturais, mais também uma retomada da economia. O governador Reinaldo Azambuja teve esse olhar ao lançar o pacote da Retomada. Desejo que todos tenham um bom aproveitamento neste evento”.

O diretor-presidente da Fundação de Cultura, Gustavo Cegonha, atua há mais de 30 anos na área cultural e considera ser um desafio estar à frente a Fundação da Cultura. Ele elencou as diversas ações que foram realizadas pelo órgão no período de sua gestão, como a Lei Adir Blanc, o Mapa Cultural, a finalização do FIC 2019 e a elaboração dos editais do FIC 2021 e 2022, o projeto Som da Concha 2021 em formato híbrido, o Festival de Arte e Cultura de MS - Diversidade e Cidadania, o projeto MS meu Samba, o MS Cultura Cidadã III, a reestruturação dos equipamentos culturais incluídos no projeto da Retomada e o fomento ás atividades artísticas dos municípios. “Só temos a agradecer ao governador Reinaldo Azambuja, que em todo o momento atendeu às nossas demandas. Estamos num momento de valorização e apoio aos gestores culturais, Vamos juntos desenvolver uma política cultural democrática que possa atender a todos”.

O diretor-presidente da Fundação de Turismo, Bruno Wendling, afirmou que Turismo e Cultura sempre se confundem. “O Turismo é um dos instrumentos para que a cultura tenha sustentabilidade. A Cultura precisa dos consumidores. É fundamental o papel da FCMS e Secic no desenvolvimento da Cultura, um dos principais motivadores do turismo. Temos que pensar na longevidade da cultura no Estado e nos municípios. A Fundação de Turismo vem apoiando eventos que geram fluxo, proporcionando incentivos também para consumir cultura. Desejo um ótimo Fórum para os gestores municipais”.

O secretário estadual de Infraestrutura, Eduardo Riedel, falou sore o momento difícil que a cultura e, de forma geral, os demais setores atravessam devido à pandemia. “Atravessamos um momento muito difícil, mas aos poucos fomos encontrando nossas respostas. Este evento de hoje é simbólico porque traz um conceito central no governo que é o municipalismo. A Cultura tem uma característica importante: não estamos bem conosco mesmos se não resgatarmos nossa identidade. Por isso temos um esforço enorme de melhorar a capacidade do turismo, de ampliar as possibilidades investindo em infraestrutura. Estamos construindo as mudanças que estão acontecendo. Espero que os participantes deste evento saiam daqui com uma visão mais convergente, afinada, com uma proposta para podermos realizar mais pela nossa gente. Estamos voltando à normalidade, para reconstruir o futuro, nossa identidade, que foi aviltada nesse processo durante a pandemia, e a cultura tem nisso um papel muito importante”.

Para o secretário adjunto da Secic, Eduardo Romero, ser gestor de cultura é um desafio. “Recebemos pedidos os mais diversos, e o que percebemos que há em comum nesses pedidos é a necessidade de políticas públicas que possam garantir que se abram caminhos para que as coisas aconteçam. Este é um evento para que a gente possa sintonizar a política pública para que ela chegue na ponta, onde precisa, para que os gestores públicos saibam onde buscar ajuda, como fechar essas parcerias, para que a gente possa junto fazer mais e melhor. A política pública só poder ser pública se for feita por todos nós”.

“Hoje é um grande dia para todos nós”, afirmou a deputada Mara Caseiro. “A cultura faz parte de todos nós, a gente já nasce com a cultura dentro de nós. A experiência e o crescimento que tive enquanto diretora-presidente da Fundação de Cultura devo a vocês, servidores da FCMS. Foi um grande aprendizado. Nosso Estado tem característica marcante da diversidade cultural, somos uma mistura linda de vários povos. São várias as matrizes culturais que nos singularizam. Cultura é renda, é emprego, é oportunidade, não é só entretenimento. Parabenizo o João César Mattogrosso, o Gustavo Cegonha e todos os que estão na Cultura neste momento. Gestores municipais, aproveitem este momento. Sonhem junto com a Secic e FCMS”.

O secretário estadual de Cidadania e Cultura, João César Mattogrosso, afirmou que, depois de conversar com o governador, teve a certeza de que estava indo para o lugar certo na gestão da pasta, que afirmou ele ser bastante abrangente. “Com a força de vontade do governador Reinaldo Azambuja e o trabalho de vocês, vamos deixar nossa marca na Cultura. O Governo do Estado está chegando ao valor de cem milhões de reais para a Retomada da Cultura. A intenção desse Fórum é que essa assistência para que vocês possam participar dos editais em suas cidades, selecionar o que vocês querem levar para o município de vocês. Aproveito para anunciar um projeto grandioso que estamos preparando, uma surpresa, que lançaremos em outubro, por ocasião do aniversário de criação do Estado, e vamos iniciar em novembro. Aguardem. Um excelente Fórum e obrigado a todos”.

Na reunião foi apresentada a nova estrutura da Secretaria de Cidadania e Cultura de MS, e num segundo momento, a ideia é oferecer cursos e oficinas por meio do Fórum para integrar os municípios com os editais públicos e as ações da Cultura do Estado. Foram apresentados os gestores estaduais e municipais de Cultura e feita uma pequena apresentação dos Editais da Fundação de Cultura de MS e do Sistema Estadual de Bibliotecas.

Presente na reunião, o diretor-presidente da Fundação Municipal de Cultura de Maracaju, Rafael Fernandes Jara, disse que veio buscar aprendizado e parcerias para consolidar o elo entre os municípios e o Estado. “Estamos há oito meses à frente da pasta da Cultura, uma gestão nova, estamos resgatando a cultura do município e buscamos fortalecer este elo com o Estado. A cultura foi a primeira a parar com a pandemia, mas graças a Deus, estamos retomando aos poucos. Buscamos alavancar a Cultura em nosso município”.

O diretor-presidente da Fundação da Cultura e do Patrimônio Histórico de Corumbá, Joilson Silva Cruz, veio buscar um maior intercâmbio com o Estado, conhecer a nova estrutura da Cultura estadual e os novos gestores. “Este momento é ímpar, de acolhimento dos gestores municipais, fazendo com que a gente se capacite para levar para o nosso município o que nossos artistas e a população anseiam. Durante a pandemia, fizemos muitos editais para ajudar os artistas, tivemos, de forma reduzida, uma programação virtual, mas graças a Deus, estamos respondendo a sede dos artistas e do público, e vamos retomando aos poucos. Foram momentos difíceis para a classe artística de Corumbá, que tem um potencial cultural e patrimonial muito grande”.

Ao final dos trabalhos, o diretor-presidente da Fundação de Cultura, Gustavo Cegonha, agradeceu a todos. “Este é um momento importantíssimo para nossa retomada. A Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul está de portas abertas para todos vocês”.

A primeira etapa de capacitações do Prosimc para os gestores municipais de Cultura iniciam em outubro e seguem até dezembro de 2021. A programação será divulgada em breve pela Fundação de Cultura.

Karina Lima, Assessoria de Comunicação Secic

Fotos: Daniel Reino

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.